Blog

A PORTA IDEAL

Como escolher a porta ideal Sanfonada, pivotante, articulada, de correr – estes são só alguns tipos de portas que podem fazer parte da decoração e estrutura da sua casa. E como fazer a escolha? A primeira dica é entender a finalidade principal de cada porta e, a partir daí, conhecer as opções e escolher a mais apropriada. Abaixo, falamos um pouquinho sobre cada uma delas. Confira: ABERTURA CONVENCIONAL Esta é a opção mais fácil de instalar e também de ser comprada, uma vez que seus preços geralmente são os mais baratos. A principal vantagem da porta com abertura convencional é a boa vedação, o que garante conforto térmico e acústico. Por sua simplicidade e vedação, este modelo é ótimo para ser instalado em qualquer cômodo da casa, incluindo, o hall de entrada. PIVOTANTE É parecida com uma porta comum, tendo diferente as ferragens que regulam a abertura (pinos ao invés de dobradiças) e o seu tamanho, que deve ter no mínimo 0,80 x 2,10m. As portas pivotantes são imponentes, por isso se tornam perfeitas para a entrada social da casa. ARTICULADA Popularmente conhecido como “camarão”, este modelo se destaca pelo sistema de abertura: dobradiças interligam duas ou mais folhas presas ao eixo central do batente e são encaixadas em um trilho superior; ao empurrar a primeira folha, esta desloca as demais até que todas fiquem recolhidas em um canto do trilho. Indicadas para ambientes pequenos, as portas articuladas podem ser usadas em diversos espaços – cozinhas, copas, salas e até em varandas. SANFONADA Portas sanfonadas se assemelham às articuladas com a diferença de que suas pregas ficam bem visíveis quando estão abertas. Por ter modelos disponíveis em PVC, as portas sanfonadas se tornam ideais para pequenos ambientes expostos à umidade – como copas, cozinhas e banheiros – e também para aqueles que não estão dispostos a investir muito, pois seu preço costuma ser menor do que as demais opções que ocupam pouco espaço. DE CORRER O modelo de correr é o que mais oferece economia em espaço, uma vez que não se faz necessário o movimento de giro para abrir as portas. Também é possível embutir estas folhas deslizantes em paredes de alvenaria comum ou drywall, economizando ainda mais o espaço. Neste último caso, é preciso apenas avaliar se há vigas ou colunas no local antes de iniciar a obra. E aí, já decidiu qual porta é a mais adequada para sua casa? Inspire-se!