Blog

Brinde perfeito

como-escolher-a-taca-certa-para-cada-tipo-de-vinho Sabia que ideia de se ter uma taça para cada tipo de vinho transcende o requinte que se dá ao momento de apreciar a bebida? Na metade do século XX, o austríaco Claus Josef Riedel descobriu que, desde a espessura do vidro até sua forma, acabamento e diâmetro, interferem na maneira como degustamos a bebida, uma vez que estes detalhes determinam a percepção das texturas e sabores do vinho na boca e o “trajeto” dos seus aromas no nariz. Por isso, o papel de uma taça é primordial para realçar as características de cada tipo de vinho. Como o grande volume de modelos encontrados no mercado, geralmente, causa dúvidas nos amantes da bebida, listamos desde critérios de escolha até qual taça harmoniza melhor com cada tipo de vinho. ANTES DE COMPRAR Ao fazer a escolha das taças, é importante avaliar os seguintes fatores: . Cristal: quanto mais transparente, mais perfeita será a apreciação da cor e das lágrimas do vinho; . Bojo: o ideal é que ele seja bem aberto para vinhos tintos e brancos - dos quais o consumo se beneficia ao sentir seus aromas – e estreito para espumantes, evitando que as bolhas incomodem o momento da degustação; . Haste: em todos os casos, quanto mais longa, melhor, evitando o contato das mãos com o bojo, o que pode alterar a temperatura da bebida. ANTES DE SERVIR Para cada tipo de uva ou tempo de fermentação, existe uma taça ideal: . Taça Bourgogne: seu formato ‘balão’ propicia que o buquê seja liberado mais facilmente, se tornando ideal para vinhos à base de Nebbiolo, Barbera, Pinot Noir e Amarone. . Taça Bordeaux: por ser um copo mais alto com grande volume e borda estreita, esta taça é usada para vinhos ricos em tanino, tais como Syrah, Tannat, Carbernet Franc e Cabernet Sauvignon. . Taça Porto: por ser menor e ter um bojo mais estreito, este modelo é ideal para pequenas doses de vinhos mais doces, como Marsala, Banyuls e o do Porto. . Taça Flûte: seu longo bojo permite apreciar as bolhas e realça os aromas de espumantes.   Com estas dicas, você estará apto a brindar o dia do Enólogo (22/outubro) com toda pompa, buquê, aroma e circunstância! Tim Tim!