Blog

Casa listrada

dicas de como incluir listras na decoração_listras pretas, brancas e cinzas_verticais e horizontais Listra clássica ou retrô, bicolor ou repleta de cores, estreita ou larga, o que faz desta estampa especial em decorações é o seu poder de criar movimento, ao mesmo tempo que adiciona estrutura e estabilidade a qualquer cômodo da casa. COM QUAL COR EU VOU? A escolha dos tons das listras determina o quanto elas irão energizar o espaço, assim como a personalidade que irão projetar no ambiente. Tons vivos, como já indica o nome, levam vida à decoração. Se optar por uma combinação de duas ou mais cores, tudo indica que a personalidade aplicada será arrojada. E o inverso é verdadeiro: tons sóbrios deixam o ambiente mais sério e tendem a imprimir um estilo mais clássico na decoração. Ao usar o branco como cor dominante, a estampa tende exalar frescor; quando o preto é o protagonista, arrojo domina o ambiente. FININHA, ENCORPADA OU AS DUAS? O tamanho de listras determina o volume e movimento da estampa. Listras largas são mais ousadas e estáticas, enquanto as estreitas são mais sutis e fluidas. O único ponto de atenção é para a espessura das listras finas, quando muito estreitas, podem gerar desconforto ao serem aplicadas em espaços reduzidos. Listras de larguras variáveis criam ambientes modernos e repletos de energia. PARA CIMA OU PARA OS LADOS? A escolha da direção das listras deve ser baseada no efeito que deseja alcançar. Importante apenas lembrar que a direção das listras guia o olhar: para fazer um quarto parecer mais alto, use listras verticais; para ampliar a sala, opte pelas horizontais. ONDE LISTRAR? Você pode usar listras em qualquer lugar e em qualquer cômodo da casa. Seja em toda extensão de uma grande parede ou numa pequena coluna, na varanda ou na cozinha, em detalhes decorativos ou num jogo de sofás, cobrindo por completo o piso ou apenas num tapete; listras incrementam ambientes e revigoram decorações. Inspire-se!