Blog

Registros eternizados

Dicas de como melhor armazenar fotos em papelNo início do século XIX surgiram as primeiras câmeras fotográficas e, desde então, momentos especiais começaram a ser registrados e eternizados. Você pode não ter fotos tão antigas assim, mas certamente já se deparou com algumas danificadas ou apagadas. Por isso e também em homenagem ao dia da fotografia (19/ago), vamos dar dicas de como eternizar suas lembranças! BAIXA UMIDADE & TEMPERATURA Se suas fotos estão em caixas de papelão, couro ou madeira, é importante transferi-las para outro recipiente, pois estes materiais costumam reter calor, passar umidade e proliferar fungos e bactérias. Mas se não quiser se desfazer do recipiente onde seus álbuns estão guardados no momento, deixe-o em um ambiente seco e fresco e coloque saquinhos antimofo dentro dele. REGISTROS A LÁPIS Quem nunca escreveu atrás de uma foto para não esquecer quando ou onde ela foi tirada? Nas já marcadas, deixe como está. Mas se quiser escrever em “novas” ou fazer mais anotações, não use canetas ou marcadores; prefira lápis e escreva delicadamente para não marcar a foto. SEM DIGITAIS Na hora de contemplar as fotos, procure sempre pegá-las pelas bordas, pois a oleosidade dos dedos pode deteriorar as imagens. Se já tiver digitais em algumas delas, limpe com uma flanela e, sempre que possível, use luvas ao mexer nas suas lembranças fotográficas. ÁLBUM SEM ÁLBUM Os álbuns ideais são aqueles que usam polipropileno ou poliéster e papéis livres de ácidos e lignina. Como dificilmente você encontrará estas informações nas embalagens, uma boa alternativa é guardar as fotos sem álbuns, armazenadas sempre na horizontal para evitar deformações. Prontinho. Ao seguir estas dicas você terá suas fotos intactas por muito tempo. Mas se já tem algumas danificadas, existem laboratórios fotográficos que fazem recuperações, garantindo que todos seus momentos sejam eternizados. Afinal, já dizia o velho ditado: “recordar é viver”! ;)